[Resenha] Ladrões de Elite (Heist #1)



"Quando tinha 5 anos, Katarina Bishop distraiu os guardas da Torre de Londres para que o pai pudesse roubá-la. Aos 7, ela ouviu o tio Eddie planejar a interceptação de 80% do caviar do planeta. Quando fez 15 anos, Katarina armou um golpe por conta própria - um esquema para entrar no melhor colégio interno dos Estados Unidos e deixar para trás os negócios da família. Só que trocar de ramo e ter uma vida normal acabou sendo mais difícil do que Kat esperava. Hale, seu amigo charmoso, bilionário e antigo comparsa, logo aparece para levá-la de volta à realidade da qual ela havia se esforçado tanto para fugir. Mas é por um bom motivo: uma inestimável coleção de arte de um temido mafioso foi roubada e ele quer recuperá-la, custe o que custar. Somente um mestre do crime poderia ter realizado essa proeza e o pai de Kat é o único suspeito, embora insista em negar qualquer envolvimento. Encurralado entre a Interpol e um inimigo assustador, ele precisa da ajuda da filha. Para Kat, só existe uma saída: encontrar os quadros e roubá-los de volta. Não importa se parece impossível, se ela não tem pistas do ladrão e se o prazo é de apenas duas semanas. Com uma equipe de adolescentes talentosos e uma mãozinha da sorte, Kat está determinada a realizar o maior golpe da história da família e provar que jamais a abandonou."



 
Série: Heist #1 
Autora: Ally Carter 
Editora: Arqueiro 
Lançamento: 2011 
Páginas: 240
Preço: R$24,90

ISBN:  9788580410068










Cativante


Sabe aquele momento, que te perguntam o que você quer de presente no natal, e você não pensa duas vezes antes de responder livro? E aquela duvida cruel, de todo leitor compulsivo...

QUAL LIVRO ESCOLHER? Então, foi exatamente isso que aconteceu comigo,e é baseado nisso que começo minha resenha.

Bem, é nessas horas que a ocorre aquilo de "Julgar o livro pela capa", e foi isso além da sinopse, que me fez escolher Ladrões de Elite. A capa além de linda, possui uma textura que remete mesmo um par óculos. 

Ladrões de Elite, conta a história de Katarina Bishop, ou melhor Kat. Uma jovem de 15 anos, nascida e criada em uma família de ladrões de artes, aos 5 anos ajudou seu pai a roubar a Torre de Londres, aos 7, ajudou seu tio a interceptar 80% do caviar do mundo. Bem, então a família Bishop, não é apenas uma família de ladrões e sim, Ladrões de Elite.

Porém, Kat tomou uma decisão, iria obter conhecimento em uma escola, que mais parecia uma prisão. Ou ficar, e mais tarde, ser realmente presa.
Porém, nada ocorre como esperado, Kat se vê obrigada a voltar a sua antiga vida, acompanhada por seu amigo Hale, Katarina Bishop se vê encurralada entre a Interpol, e o misterioso Arturo Taccone. Ou melhor, entre a Interpol e Visily Romani.

Ao decorrer da trama, Kat percebe que os 3 meses dos quais ficou afastada, foram mais longos do pensou, e que indo embora não havia deixado para trás, apenas sua família, mas também seu Amor.

Stop

Sim, vamos colocar os pingos nos "is", qualquer pessoa ao ler o livro, vai perceber de cara o que Hale sente por Kat, e Kat sente por Hale. 
Kat não está amparada apenas do seu "amigo" lindo, jovem e bilionário, mas também de sua prima Gabriella, capaz de fazer qualquer um morrer por suas pernas,nos fazendo pensar como que uma pessoa entra em um túnel, sujo, por mais de 30min e sai ainda mais arrumada, pois é.Simon, o gênio, os irmãos Bagshaw e por fim, o misterioso Nick.

O enredo se resume em Kat ter um prazo para roubar de volta 4 quadros, que o mafioso Italiano Taccone, queria a qualquer preço, nem que o mesmo fosse a vida do pai de Kat.
O livro é todo narrado na 3° pessoa, o que é ótimo pois nos permite em estar em vários locais, e tempos diferentes no livro.

A Arqueiro também está de parabéns, a diagramação estava perfeita, não sei como estava a original. Mas amei a arte de cada capítulo, cada um sendo em um país diferente, remetia um pequeno mapa de fundo. A capa, como já havia falado, é a original, outro ponto importante, é a tradução que se não estava perfeita, passou quase despercebida na minha leitura. 

Carter, soube dosar muito bem, personagens egocêntricos, um enredo de fácil entendimento, leve e com leitura extremamente rápida. 
Personagens muito bem construídos, Hale o bonitão milionário, com aquele toque de ironia e humor na medida certa. Que faz as leitoras suspirarem e rirem muito. Kat, uma protagonista que todo livro devia ter ao menos um pouco. E secundários, que em todo o livro, roubam a cena. 

PODE SER SPOILER

Pois bem, você lê o livro inteiro, daí chega na penúltima folha e vê que todas as obras descritas não são reais... Pera

COMO ASSIM?

Bem, eu realmente pensei que Leonardo da Vinci tinha pintado o Anjo, e que todas aquelas obras fossem realmente reais. Sim, até então era ignorante no que se referia a arte. A não ser a base artística de colégio.  Vale? 

Livro curto, do qual você lê rapidamente e de uma vez só!

Boa leitura :) 
Image and video hosting by TinyPic
POSTAGENSNOVAS POSTAGENSANTIGAS Página inicial